Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

VOGUE EM TEMPO DE GUERRA

Julho 31, 2022

J.J. Faria Santos

vogue_olena.jpeg

Uma primeira-dama na capa da Vogue não tem nada de incomum. Olena Zelenska posando de olhar frontal, despida de glamour e enquadrada no cenário de um palácio despojado protegido por sacos de areia poderá, ainda assim, constituir um problema. É difícil quebrar o elo de ligação que se estabelece entre a superficialidade associada a uma revista de moda e o motivo que leva a primeira-dama de um país bombardeado, e em risco de sofrer amputações no seu território soberano, a participar num ensaio fotográfico de uma profissional de prestígio, Annie Leibovitz, mas com o rótulo de fotógrafa dos famosos. (Apesar de em 1993, acompanhada por Susan Sontag, Leibovitz ter retratado a guerra em Sarajevo.)

 

Vanessa Friedman escreve, no New York Times, que a “justaposição da ideia da Vogue – com as suas ligações históricas ao elitismo, à fantasia, à riqueza e à frivolidade – e a realidade da guerra” deu origem a “reacções viscerais”, mas lembra que a peça da revista se “centra na dor e no trauma” da Ucrânia e do seu povo, e nota o tom circunspecto das fotografias onde ninguém sequer esboça um sorriso. E acrescenta: “No fim de contas, ela não está com um vestido de gala a comer bolo. Está numa zona de guerra, parecendo assombrada”. Friedman acaba por concluir que esta terá sido mais uma forma de manter viva a guerra da Ucrânia no volátil ciclo noticioso, pelo que, neste sentido, a entrevista de Olena Zelenska foi “uma peça da estratégia militar”.

 

A mesma razão terá presidido à pacífica entrevista à Time, onde se destaca o seu papel no lançamento de uma iniciativa governamental destinada a providenciar apoio psicológico à população ucraniana. Um passo fundamental dado o potencial risco disruptivo do stress pós-traumático não tratado, ainda para mais num país cujos habitantes, diz a Time ecoando Zelenska, “associam a prática da psicoterapia a asilos estatais destinados a isolar os doentes da sociedade”. “Retrato de coragem” (Vogue) e “A sua guerra privada” (Time), dois títulos para uma primeira-dama na frente de batalha da guerra mediática.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub