Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

RABO-DE-PALHA - A SÉRIE DO CANAL PARLAMENTO

Junho 18, 2023

J.J. Faria Santos

Leonardo Negrão_Global Imagens.jpg

Não tenhamos ilusões: para a generalidade dos inquiridores o verdadeiro interesse da comissão parlamentar de inquérito à TAP residia na sua qualidade de potencial tomba-ministros. Toda a liturgia, alimentada por gestos largos, perguntas incisivas em tom provocatório precedidas por preâmbulos em tom jocoso ou pretensamente grandiloquente, serviria para gerar um momentum ou uma sucessão de momenta capazes de debilitar ainda mais um Governo impopular.

 

De tal forma que um assunto lateral (um caso de polícia protagonizado por um assessor com um apego desmesurado a um computador ou uma alucinação colectiva/ transtorno psicológico dos membros de um gabinete, conforme as versões) se tornou o fulcro de uma inquirição que se transformou numa espécie de procedural televisivo com uma investigação minuciosa da agora tão badalada “fita do tempo”. O objectivo, claro, era, mais do que descobrir a verdade para além de qualquer dúvida razoável, colar o ferrete da mentira ao depoente. O problema é que a mentira, como aliás a verdade, tem várias declinações. E as várias formulações possíveis e a ambiguidade das respostas tornaram esquiva e sinuosa a proclamação incontestável da falsidade.

 

O espectáculo televisivo foi de interesse oscilante. Ao contrário de dada série da Netflix rodada nos Açores, neste seriado que poderíamos apelidar de Rabo-de-Palha (“mancha na reputação”, “possível motivo de censura ou condenação”) não faltaram sotaques, do nortenho oleado com sarcasmo ao francês com fragrância de injustiça. Das guest stars que foram aparecendo, destaque para o contido e nervoso alvo em movimento Galamba, para a sua assertiva e imperturbável chefe de gabinete, para o assessor na pele do underdog que, paradoxalmente, apareceu com um advogado de renome e também para o ministro das Finanças, que, no dizer de Ana Sá Lopes, “sai deste filme triste com a sua posição intacta”.

 

Certo é que o grande episódio da série coincidiu com a aparição de Pedro Nuno Santos, com a sua aura de sex symbol e shooting star. Mas não pensem que a personagem é só estilo. Há conteúdo, substância. Na mesma semana em que o filósofo Peter Sloterdijk recordou ao Expresso que “a relação entre a verdade e a política pode chegar a ser bastante remota”, Pedro Nuno Santos gravou na pedra um imperativo categórico: “Há verdades que são mais inverosímeis do que a mentira, mas não vou passar a mentir só porque ela parece mais credível do que a verdade.”

 

Imagem: Leonardo Negrão/Global Imagens

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub