Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

O ESPECULADOR, OS IMORAIS E O GATO CONSELHEIRO

Março 23, 2020

J.J. Faria Santos

cris_sampaio_zeke_2.jpg

“Os meus preços são especulativos, não vou esconder. São pacotes de 12 unidades e cada uma custa 8,75 euros”, diz o empresário de material médico sedeado em Sintra ao Expresso. E por que razão haveria de “esconder”? Quiçá, por decência, honestidade, profissionalismo? O certo é que por algo que vendia por sessenta e cinco cêntimos, tem agora quem “ofereça 12 euros por máscara”. Na senda da doutrina Teresa Guilherme, que postula que “quem tem ética passa fome”, o empreendedor diz-se de “consciência tranquila” porque “é assim que o mercado está”. Um mercado que, por acréscimo, ele distorce ainda mais com a sua actividade paralela (nada factura e recebe apenas em dinheiro vivo). Um mercado que, apesar de todas as suas limitações, não merece ser pretexto para indignidades deste teor. A solidariedade comunitária e o comportamento cívico da generalidade dos portugueses perante a epidemia da covid-19 tornam ainda mais execrável esta exibição de ganância e torpeza moral.

 

Repete-se em artigos de opinião, editoriais e análises que é em tempos de grande provação que se vê a fibra dos líderes. Que os medianos ou os anódinos ascendem a alguma forma de grandeza. Por outro lado, parece seguro concluir que os líderes já desqualificados pela sua acção política e pela sua retórica pejada de meias-verdades e flagrantes falsidades prosseguem imperturbáveis no caminho do descrédito. Bolsonaro, por exemplo, aconselhado a permanecer em quarentena pelo seu ministro da Saúde, não se refreou de cumprimentar manifestantes (numa acção convocada a favor do regresso da ditadura militar) e tirar selfies com telemóveis que não o seu. Quanto a Trump, chegou a declarar, taxativamente, que os EUA tinham “controlo total sobre a situação” momentos antes do director do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas ter admitido a possibilidade de mais de dois milhões de americanos morrerem em consequência do coronavírus. Já para não falar da tentativa canhestra e indigna de qualquer estadista que se preze de obter o monopólio da vacina que está a ser desenvolvida por cientistas alemães. Como explicou Masha Gessen na New Yorker, “Donald Trump tem um reportório limitado. Quando se trata de governar, utiliza cinco expedientes: encena gestos heróicos, utiliza a ofuscação e a mentira, recorre ao auto-elogio, alimenta o medo e faz ameaças.” O que torna tudo tão perigoso é que, como Gessen faz notar, “uma população tomada pelo terror oferece extraordinárias oportunidades a este presidente que tem vindo a apalpar o terreno do poder autocrático”. Quando não se sabe em quem se acreditar e “os factos baseados na realidade são aterrorizantes”, a tendência é para seguir o líder, o comandante supremo (neste caso, na expressão satírica de Masha Gessen, o aldrabão supremo – conman-in-chief).

 

Nikki Palumbo, na New Yorker online, tornou-se porta-voz do seu animal doméstico, apresentando-nos umas divertidas Dicas de Quarentena do Meu Gato, divididas em nove tópicos. Descanse em abundância (“Durma em qualquer lado, na cama ou debaixo da cama, num local soalheiro, debaixo das mantas, à janela…”); mantenha-se activo (“Persiga a sua própria cauda, esparrame-se em cima de um grande livro…”); tome banho regularmente; fale com os amigos e com a família; mantenha uma dieta equilibrada (“Faça pequenas refeições, de três a catorze vezes por dia…”); hidrate-se; crie um projecto; medite (“Olhe fixamente para um ponto na parede ou no tecto durante seis minutos”); e pratique o distanciamento social (“Afaste-se dos humanos. Bufe se necessário for.”)

 

Imagem: Cristina Sampaio para o jornal Público

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D