Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

MARCELO NUNO E OS 40 INFLUENCERS

Outubro 21, 2019

J.J. Faria Santos

Strada_Marcelo.jpg

Um evento semiclandestino (não foi previamente anunciado) reuniu no Palácio de Belém o Presidente da República e um grupo de influenciadores digitais, incluindo radialistas e humoristas. Segundo o Expresso, debateram-se ideias acerca de moda, crianças, humor e novelas. E tornou-se viral, claro. O jornalista Luciano Alvarez, em artigo de opinião (Público online), avisou o Presidente que “se quer que o levem a sério” deve evitar transformar “o cargo (…) numa pândega ridícula”, transformando o palácio numa “espécie de casa das barbies ou em gaiola das malucas”. Indignado pelo “preconceito elitista”, João Miguel Tavares (Público, edição de 19/10) nota que os convidados não foram lá “para serem condecorados” e frisa que Marcelo é presidente de todos os portugueses. Não vê qualquer problema, mesmo que isto fosse uma “iniciativa de pré-campanha” ou correspondesse a uma vontade do anfitrião de “se pavonear entre miúdas giras”. E aproveita para deixar uma crítica implícita às expressões utilizados por Alvarez, instigando as feministas a reagir.

 

Ao contrário de João Miguel Tavares, que optou por centrar o seu comentário no direito (que não contesto) dos influencers serem recebidos em Belém, interessa-me sobretudo perceber as motivações de quem fez os convites. Ou, para citar a jornalista Leonete Botelho (Público, edição de 18/10), “que sinal político” quereria dar o Presidente? Botelho escreve que “a ideia de juntar umas dezenas de personalidades light das redes sociais” já vinha de longe (não sei se a expressão light, que eu associaria a pouco densidade de pensamento, frivolidade, e é susceptível de gerar reacções virais, é da lavra da jornalista ou foi empregada por algum conselheiro presidencial). O que é certo é que o encontro acabaria por durar mais do dobro do tempo previsto porque a foto de “família” não foi considerada suficiente e os convidados exigiram fotografias individuais. E apesar de ser tudo muito light, “algumas influencers” esfomeadas saciaram-se com sanduíches e pastéis de Belém. Não convém desagradar a quem tem centenas de milhares de seguidores, mesmo quando se teve mais de 2,4 milhões de votos.

 

Um colaborador do Presidente fez questão de dizer que a ideia de convidar esta gente que tem “poder real” é “arriscada”, lembrando que a Presidência da República, por precaução, não está nas redes sociais. Dito assim, parece que os 40 influenciadores (ou cerca de 30, ou até mesmo 80, conforme as fontes), entre os quais Salvador Martinha, Rui Maria Pêgo, Raquel Strada e Mafalda Sampaio possuem uma qualquer característica tóxica para Marcelo. Talvez uma certa leveza que possa contaminar a gravitas institucional ou um humor corrosivo que não se doma com selfies de prestígio. Risco menor face à possibilidade de arregimentar uma horda de influencers para o movimento de recandidatura, mais o seu séquito de seguidores.

 

Como em quase todas as questões que envolvem Marcelo, há uma preocupação de abordar todos os ângulos, prever todas as implicações e críticas, de tal forma que é perceptível um excesso de cálculo que suscita dúvidas quanto à intenção. O que a entourage presidencial deixa perceber é que os influenciadores digitais são encarados como uma espécie de parentes incómodos que se tolera por afecto, por interesse, ou por ambas as razões.

 

Imagem: Instagram de Raquel Strada

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D