Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

FRASES À PROCURA DE AUTOR (EDIÇÃO COVID-19)

Março 30, 2020

J.J. Faria Santos

pedido-amizade.jpg

  1. “Jair Bolsonaro não é um canalha acidental. A ausência dos mais leves vestígios de integridade moral constitui a essência da sua personalidade, tal como ela publicamente sempre se manifestou. (…) não pode causar espanto a forma como Bolsonaro tem gerido internamente a dramática crise sanitária que se abateu sobre o planeta. (…) O seu comportamento é imperdoável – considero-o equiparável ao de alguns criminosos de guerra que acabaram por cair na alçada da jurisdição penal internacional.”

       a) Lula da Silva     b) Francisco Assis     c) Gregório Duvivier

 

 

  1. “Confinados a um isolamento compreendemos talvez melhor o que significa ser – e ser de forma radical – uma comunidade. A nossa vida não depende apenas de nós e das nossas escolhas: todos estamos nas mãos uns dos outros, todos experimentamos como é vital esta interdependência, esta trama feita de reconhecimento e de dom, de respeito e solidariedade, de autonomia e relação.”

       a)José Tolentino Mendonça     b) Paulo Tunhas     c) Eduardo Lourenço

 

 

  1. “O contágio vem inopinadamente, violentamente e ao acaso. Qualquer um, estrangeiro ou familiar, pode infectar-nos. O acaso e o contacto passam a ser perigo e a ocasião de morte possível, e todo o encontro, um mau encontro. Neste sentido, o outro é o mal radical"

        a) João Miguel Tavares     b) José Gil     c)Desidério Murcho

 

 

  1. “Não, não é aceitável que o Presidente da República finja que se esqueceu de tudo quanto escreveu sobre direito constitucional democrático (…) e banalize o recurso ao estado de emergência (…) Quando o número de casos continuar a subir (como sobe em Itália desde que se impuseram as medidas de restrição absoluta à mobilidade, ao mesmo ritmo que subia sem elas), não percebeu ele que o partido do pânico clamará que ‘isto não está a funcionar!’ e vai pedir que se parem transportes públicos, se fechem fábricas, se imponha o recolher obrigatório, se limite a uma hora por dia a saída de casa? Cedeu-se ao pânico uma vez, ceder-se-á sempre…”                                              

        a) António Barreto     b) Ana Gomes     c) Manuel Loff

 

  1. “Impacientes do presente, inimigos do passado e privados do futuro, parecíamo-nos assim bastante com aqueles que a justiça ou o ódio humano fazem viver atrás das grades. (…) Porém, se era o exílio, na maior parte dos casos, era o exílio em casa.”

       a) Albert Camus     b)Michel Houellebecq     c)Leila Slimani

 

 

  1. “Há uma diferença gigantesca entre apelar à prudência e inteligência da população e desatar a pôr o país inteiro em polvorosa, como se estivéssemos na antecâmara do apocalipse. Calma. O país estava (e está) manifestamente impreparado para combater o coronavírus, e ele irá causar muitos milhares de mortos. (…) Seria óptimo que a autorização que concedemos ao Governo para agir à bruta e meter toda a gente dentro de casa fosse a solução para todos os males. Não é.”

       a) João Miguel Tavares     b) Henrique Raposo     c) Zita Seabra

 

 

  1. “Todos estes médicos perguntaram: ‘Como percebe tanto deste assunto?’ [covid-19]. Talvez eu tenha uma capacidade inata. Talvez devesse ter feito isto, em vez de ter concorrido a Presidente.”

       a) Marcelo R. Sousa     b) Jair Bolsonaro     c) Donald Trump

 

  1. “A quarentena e o confinamento são essenciais para parar a progressão das epidemias. (…) Para derrotar uma epidemia, as pessoas precisam de confiar nos especialistas, os cidadãos precisam de confiar nas autoridades, e os países precisam de confiar uns nos outros. Ao longo dos últimos anos, políticos irresponsáveis minaram deliberadamente a confiança na ciência, nas autoridades públicas e na cooperação internacional. Em resultado disto, enfrentamos agora esta crise privados de líderes globais que inspirem, organizem e financiem uma resposta global coordenada.”

         a) Timothy G. Ash     b)Yuval N. Harari     c) Martin Amis

 

SOLUÇÕES: 1-b) in Público de 28/03/2020; 2-a) in Expresso-Revista de 21/03/2020; 3-b) in Público de 16/03/2020; 4-c) in Público de 18/03/2020; 5-a) in A Peste; 6-a) in Público de 19/03/2020; 7-c) in SIC Notícias em 22/03/20; 8-b) in Time Vol.195 – nº11

 

Imagem: visao.sapo.pt

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D