Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

CINEMA AGOSTO

Agosto 15, 2017

J.J. Faria Santos

Entertainment - Playing card - Eight of Clubs - Be

 

 

 

THE SHINING   Sinopse: Um desportista de fama mundial, com um brilho intenso e milhões de seguidores nas redes sociais, é acusado de defraudar o fisco espanhol em cerca de 15 milhões de euros. Reclamando a sua inocência, o atleta de colossal celebridade atribui a acusação ao incómodo das pessoas com o seu brilho ofuscante, acrescentando sapientemente que os “insectos só atacam lâmpadas que brilham”. (O realizador do filme tem a genial inspiração de recorrer a um insert com imagens do momento em que uma traça ataca implacavelmente a estrela lesionada no relvado.) Na audiência com a juíza sucedem-se os momentos de tensão, mas o espectador não pode deixar de alvitrar: e se ele lhe mandasse uma mensagem com um convite insinuante? Ou uma fotografia do seu six-pack ? O filme vê-se com agrado, embora seja um produto da indústria entregue a um realizador tarefeiro, e parece não ter sido afectado pelas sucessivas birras da sua estrela. Ao que consta, o actor principal terá criticado o director de fotografia e a maquilhadora (não realçaram devidamente a sua máscula beleza), a equipa de efeitos especiais (o brilho não foi exponenciado) e o argumentista por não ter dado relevo ao impacto no processo do tão falado brilho, ao que lhe foi explicado que a Justiça é cega e, por conseguinte, imune ao seu dom. O desportista terá também ficado desagradado pelo facto do produtor não ter concordado em pressionar o argumentista a incluir uma cena cómica, na qual um médico louco invadia a audiência aos gritos de “estupor moral!”, seguindo-se a sua expulsão escoltado por representantes da autoridade.

 

 

 

O PADRINHO   Sinopse: Um magistrado disponibiliza-se para ser juiz de turno do Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste e acaba por ser responsável pela análise de processos de candidaturas a eleições autárquicas. A rejeição de uma candidatura por alegadas irregularidades desencadeia um rol de reacções e suspeitas, sobretudo quando se percebe que o juiz é afilhado do actual presidente da Câmara, que se recandidata, e que a sua mulher é funcionária da autarquia. Para agravar ainda mais a situação, os argumentos aduzidos para rejeitar agora a candidatura de um ex-presidente (e também ex-presidiário) tinham sido desvalorizados pelo próprio juiz, quatro anos antes, numa análise similar. O padrinho faz questão de explicar que o afilhado, o ex-presidiário, o juiz e ele próprio fizeram parte da comissão política de um partido na região. E acusa o challenger de “inadmissível” pressão sobre o poder judicial.

 

 

 

 

CÓDIGO DE CONDUTA   Sinopse: Um adjunto de um secretário de Estado viaja para a China a convite de uma empresa tecnológica. Num ambiente de grande intolerância para com a aceitação por parte de figuras com cargos públicos de ofertas de entidades privadas susceptíveis de originar conflitos de interesse, o membro do gabinete do secretário de Estado apressa-se a esclarecer que pagara a viagem, admitindo que a estadia fora grátis. Mas eis que, oportunamente, o MNE faz constar que caso o valor da dita estadia ultrapasse o limite de 150 €, isso equivale a uma violação do Código de Conduta “incompatível com a continuidade no exercício das funções”. Acossado, o adjunto pede a exoneração. Por outro lado, num desenvolvimento algo inesperado, é tornado público que o autarca protagonista do filme anterior (O Padrinho) também já viajara para a China a convite da mesma empresa, beneficiando da oferta de voos e estadia.  Teremos uma dupla nomeação para os Óscares, um como actor principal e outro como actor secundário?

 

 

 

O REGRESSO DA MÚMIA   Sinopse: Um ex-professor universitário reformado de uma longa carreira política, onde se celebrizou por se arrogar de uma infalibilidade papal e por atribuir à inspiração da Nossa Senhora de Fátima a capacidade de fazer um país cumprir as metas de um programa económico, regressa simultaneamente à política e à academia. Na Universidade de Verão do seu partido de sempre, o professor propõe-se dissertar acerca do tema “Os Jovens e a Política: Quando a realidade tira o tapete à ideologia”. A intriga espalha-se, o suspense adensa-se. Os seus fiéis defendem que ele se vai pronunciar acerca da forma como os constrangimentos económicos condicionam a acção dos políticos (essa corja). Outras fontes adiantam que ele narrará com vigor a maneira como a realidade (um acordo parlamentar à esquerda) tirou o tapete à sua ideológica vontade (um Governo de direita). A resposta ocorrerá numa cena de grande fôlego filmada num longo plano-sequência.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D