Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

3 LIVROS

Dezembro 03, 2019

J.J. Faria Santos

3LIV_B.jpg

Pessoas Normais de Sally Rooney – Amor e desejo numa relação tortuosa que procura sobreviver às diferenças de classe e sobretudo ao desequilíbrio entre a popularidade social dele e as notórias tendências para o isolamento dela. Com o decorrer do tempo, os papéis de certo modo invertem-se. Melodrama e redenção numa história onde a afirmação pessoal pode passar pelo estatuto transitório de misfit. Nenhum bem-estar é perene, mas também nenhum tormento é eterno, porque as “pessoas podem modificar-se mutuamente”.

Excerto: “A igreja da vila era pequena, cheirava a chuva e a incenso e tinha vitrais nas janelas. Ele e Lorraine nunca iam à missa, e até então ele só lá entrara por ocasião de funerais. Quando chegou, viu Marianne no vestíbulo, e ela fez-lhe lembrar uma peça de arte sacra. Ninguém o avisara que seria tão doloroso olhar para ela, e apeteceu-lhe fazer qualquer coisa terrível, imolar-se pelo fogo ou, ao volante do carro, atirar-se contra uma árvore. Quando se sentia angustiado, a sua reação era sempre imaginar maneiras de infligir danos extremos a sim mesmo.” (Edição Relógio D’Água com tradução de Ana Falcão Bastos)

 

O Fim da Solidão de Benedict Wells – Um percurso de cumplicidade e companheirismo, desde a infância, une Alva e Jules, este último atordoado pela circunstância da morte dos pais e do progressivo esboroar do relacionamento com os irmãos. Quando por fim, na idade adulta, as circunstâncias pareciam apontar para a felicidade conjugal, um novo golpe atinge Jules, a provar, caso fosse ainda necessário, que a vida não só não respeita guiões como tem um realizador caprichoso.

Excerto: “A vida não é um jogo de soma zero. Não deve nada a ninguém, e as coisas acontecem como acontecem. Por vezes de um modo justo e que faz sentido, por vezes de modo tão injusto, que se duvida de tudo. Arranquei a máscara do rosto do destino e por baixo encontrei apenas o acaso.”

(Edição Asa com tradução de Paulo Rêgo)

 

Os otimistas de Rebecca Makkai – Duas histórias paralelas e ao mesmo tempo complementares, separadas por trinta anos. A primeira desenrola-se a partir de 1985 e arranca com o funeral de uma das primeiras vítimas da SIDA, Nico, momento a partir do qual acompanhamos o quotidiano dos seus amigos, divididos entre a celebração e o medo, a tentação e o desvario, o presente vivido com voracidade e o futuro com apreensão. A segunda narra a estadia em Paris de Fiona, a irmã de Nico, numa viagem em busca de restabelecer laços com a filha (e com a neta), que lhe permite, ao mesmo tempo, rememorar um passado traumático.

Excerto: “ - É essa a diferença entre otimismo e ingenuidade – disse Cecily. – Nenhum de nós é ingénuo. As pessoas ingénuas ainda não passaram por verdadeiras provações, por isso podem pensar que tal nunca lhes acontecerá. Nós, otimistas, já passámos por isso e continuamos a levantar-nos da cama todos os dias, porque acreditamos que podemos impedir que volte a acontecer. Ou fingimos acreditar nisso.”

(Edição Asa com tradução de Elsa T. S. Vieira)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D