Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

O SILÊNCIO DAS TARDES DE DOMINGO NOS SUBÚRBIOS

Setembro 21, 2012

J.J. Faria Santos

Quando as famílias da cidade se encavalitam no seu utilitário e partem para o passeio domingueiro, envoltas numa algazarra que parece imitar a felicidade, arrastando na sua entontecida vertigem de celebração velhos cansados, jovens em fuga da descrença e crianças expectantes, resta o despojo jubiloso do silêncio.

Os que ficaram, os que desprezaram as expedições às catedrais de consumo ou os vaivéns monótonos à beira-mar no meio de autómatos que se parecem demasiadamente com humanos, abrem as portas e deixam entrar a claridade e o sol demasiado resistente do fim de Verão. Só os trinados dos pássaros preenchem a banda sonora do filme das suas vidas.

Vivemos num tempo que abomina o silêncio, que o confunde com angústia ou opressão; vivemos numa era que parece temer o embate com a meditação; vivemos numa sociedade em que a generalidade dos indivíduos receia o confronto consigo mesmo, a radical solidão da sua essência.

O silêncio das tardes de domingo nos subúrbios tem um travo de trégua e um perfil de aviso: é como se por gestos adivinhados (para não acordar o barulho) nos dissesse: este é um tempo de pausa para revigoramento, mas é preciso cautela para que não se eternize, sob pena de adquirir propriedades narcóticas e paralisantes. O mundo é ruído. Isto é apenas uma pausa. Não peças desculpa pela interrupção. Desfruta-a, porque a vida segue dentro de momentos.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D