Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

UM ADEUS RENITENTE

Julho 27, 2012

J.J. Faria Santos

O cenário era uma estação de caminho-de-ferro. Ele recusara-se a beijá-la antes do comboio a transportar para longe. Por alturas de Dezembro de 1920, correspondiam-se quase diariamente, e ele fez questão de dissipar dúvidas e explicar o seu comportamento. Na carta que lhe enviou, datada do dia 23 de Dezembro, escreveu: “I didn’t want to kiss you goodbye – that was the trouble – I wanted to kiss you good night – and there’s a lot of difference. ‘couldn’t bear the thought of you going away when you were so very dear and necessary and all pervading”. 

Há nestas palavras o rasto de uma paixão avassaladora que funde o enamoramento com a necessidade e a omnipresença. Menos de nove meses depois, casariam. Para ele, seria apenas o primeiro de quatro enlaces matrimoniais e terminaria em 1927. Um ano antes, saíra o seu romance de estreia e dois anos depois publicaria Um Adeus às Armas.

Nesta carta para Hadley Richardson, Ernest Hemingway expõe a intransigência (ou a integridade) de um sentimento que não tolera a ausência e que se abstém de a legitimar com a marca de um ritual. A força das circunstâncias poderá ter ditado a separação, mas ele recusara-se a ceder ao conformismo (da aceitação do inevitável, seria?) e a agir em conformidade (a demonstração de afecto na despedida como se caucionasse a interrupção do idílio amoroso). Parece radicalismo imaturo ou birra insolente, todavia, como não descobrir nesta opção quase ofensiva a grandeza de quem não admite procrastinar o que é vital?

Quando se divorciaram, ela queimou a maior parte das cartas dele. A memória dos beijos de boas-noites transformou-se num penoso beijo de despedida. O amor deles, parafraseando Vinicius, foi eterno enquanto durou.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D