Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

ANATOMIA DA GREI II - CUIDADOS INTENSIVOS

Junho 24, 2012

J.J. Faria Santos

Imagem: Freefoto.com

 

Tendemos a associar a expressão cuidados intensivos  a uma situação de perigo iminente; devíamos antes pensar em termos de vigilância inexcedível. Maximizamos os riscos e minimizamos a componente de precaução. Mesmo quando tudo acontece de acordo com o plano de voo, não conseguimos evitar que o espectro da ameaça persista nas nossas mentes. É um mecanismo de defesa, claro, mas também uma forma de alerta permanente, como se o baixar da guarda fosse o catalisador da acção do mal, e este, sob a forma dos agentes da doença, conseguisse iludir todos os meios, humanos e tecnológicos.

Aos olhos de J., a recuperar de uma cirurgia, médicos e enfermeiros, quando não interagem com os doentes, deslocam-se pela Unidade de Cuidados Intensivos como se fossem Senhores do Universo, detentores do poder de suster a vida e repelir a morte. Há nos seus gestos e atitudes uma casualidade que tranquiliza, como se, para eles, trabalhar numa espécie de oficina de reparação do corpo humano fosse uma tarefa corriqueira. E talvez seja, ainda que com um suplemento extra de responsabilidade e definição.

“Que dá mais força; em que se acumulam esforços ou meios”, assim define o adjectivo intensivo  a enciclopédia que a Editorial Verbo realizou para o Público.  Nas Unidades de Cuidados Intensivos reúnem-se esforços e meios para dar força ao doente.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D