Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

A INOCÊNCIA

Janeiro 29, 2012

J.J. Faria Santos

A revista Paris Match, na edição derradeira do ano passado, decretou 2012 o “Ano Marilyn”. Afirmando que “a bomba sexual escondia uma inteligência à flor da pele”, comparou-a a uma Fénix “ainda mais brilhante a cada ressurreição(…) por fim amada, ela que morrera de falta de amor”. No artigo de fundo, não escamoteando os desequilíbrios da actriz, nem a sua imaturidade afectiva, Catherine Schwaab, defendeu que “mais ainda que o seu corpo magnífico, é o seu rosto que perturba: uma inocência, um carácter, uma sedução desarmada”.

Os tópicos da inteligência e da inocência foram também abordados por Lee Siegel, num artigo para a New York Review of Books. Siegel não contesta a inteligência, mas desqualifica-a como actriz (“dreadfull actress”). O cerne da peça, porém, centra-se na denúncia da forma como as diversas abordagens à vida de Marilyn parecem ignorar deliberadamente a sua voracidade sexual, considerando ter sido Arthur Miller o responsável pela sua dessexualização, retratando-a como uma vítima inocente. Ainda assim, considerou que Marilyn representava um outro tipo de inocência, “que procurava a gratificação dos instintos sem qualquer consideração pelas consequências sociais e emocionais”. Termina, concluindo que “esta mistura de inocência e corrupção é uma condição intolerável, preferivelmente confinada ao ecrã, e escondida sob a ficção respeitável de uma apropriada tragédia americana”.

Se considerarmos que a inocência é a pureza e a simplicidade, mas também a ausência de culpa ou até a credulidade, e conferirmos uma natural subjectividade às grelhas de comportamento que balizam o que é ou não apropriado, talvez a encontremos nessa desordenada busca de afecto que foi a vida do mito.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D