Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NO VAGAR DA PENUMBRA

NO VAGAR DA PENUMBRA

UM HOMEM LIVRE

Dezembro 18, 2011

J.J. Faria Santos

Não se deixava encaixar em escolas de pensamento, nem se deixava limitar por acantonamentos ideológicos (“Não é o conteúdo de um pensamento que define um espírito independente, mas, sim, a sua forma de pensar”). Não permitia que o intimidassem com a suspeita de uma qualquer deriva elitista, e repelia o populismo e a demagogia do colectivismo (“Em geral, as massas e os grupos são menos inteligentes do que cada um dos seus membros, quando isolados”). Não temia a iconoclastia e a dissidência (“A procura da segurança conferida por uma maioria nada tem a ver com a solidariedade; pode ser, antes, uma outra designação para o consenso, a tirania e o tribalismo”), mas compreendia que, para certos indivíduos, o preço a pagar pudesse ser demasiado elevado (“Há pessoas que não toleram a solidão, e, muito menos, a ideia de que os céus são vazios e que os nossos gritos inúteis nunca romperão o silêncio”).

Christopher Hitchens morreu depois de uma lúcida, irreverente e combativa temporada em Tumortown. “O mundo pode ser absurdo e sabemos que a nossa vida será sempre breve”, escrevera ele em 2001. Talvez por isso, tenha recomendado: “Procura a argumentação e a contestação pelo que valem: a sepultura dar-te-á tempo de sobra para o silêncio”.

 

(As citações de Hitchens foram retiradas de “Cartas a um Jovem Contestatário”, edição Círculo de Leitores).

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D